Você está aqui
Home > Cotidiano > Cultura > A tradição de COSME e DAMIÃO

A tradição de COSME e DAMIÃO

foto 03 - pág 15 2 foto 04 - pág 15 2foto 02 - pág 15 2 foto 05 - pág 15 2

 

 

 

 

 

Em Joanópolis, depois da tradição de mais de três décadas de realização desta festa pela Sra. Claudete Alves Pereira (in memorian), a festa de Cosme e Damião é realizada por várias pessoas da comunidade, a exemplo do jovem Alisson Dias e família, que realizaram no último dia 27 de setembro grande festejo alusivo à data. Alisson contou com a colaboração e participação de amigos e convidados, simpatizantes, comerciantes e em especial, segundo a fé dos participantes, com a grande proteção, que têm dado muita saúde e fartura para que a festa se realize e promova muita alegria a todos, especialmente às crianças que recebem muitos doces, bolo, refrigerantes, brinquedos, entre outros

 

Os santos conhecidos como Cosme e Damião, foram irmãos gêmeos, que se dedicaram ao estudo da medicina, martirizados na Egéia, Cilícia (Ásia Menor) em 27 de setembro do ano 287 durante a perseguição do Imperador Deocleciano. São considerados os patronos dos cirurgiões e ficaram conhecidos como anargiros, pois não cobravam pelos seus serviços, socorrendo a todos que os procuravam. Os corpos de Cosme e Damião foram transportados para Roma a mando do Papa São Félix, que lhes concedeu uma igreja para veneração. O culto divulgou-se pela Itália, França, Espanha e Portugal, onde várias igrejas foram construídas e dedicadas a estes santos. Em 1226 foi fundada na França a Confraria Cosme e Damião de Cirurgiões, tornando-se a associação médica a mais importante de toda a Europa. Nas primeiras décadas, a Universidade de Coimbra cobrava registro dos diplomas médicos e a renda era destinada para os estudos e pesquisas na área de medicina desta Confraria. No Brasil Colônia, a cidade de Igaraçu em Pernambuco na época de Dom Duarte Coelho escolheu estes Santos como Padroeiros. Os mesmos, além de serem patronos dos cirurgiões, são os defensores das epidemias, fome e partos gemelares, foram ainda associados como protetores das crianças e iniciou-se mais tarde o costume de oferecer doces às mesmas em seu dia, como uma forma de agradecimento por graças recebidas.

No Brasil atual, muitas são as festas que acontecem em outras religiões por todo país com parecidas particularidades – doação de doces, bolos e brinquedos – como a Umbanda – religião que sincretiza os Orixás Gêmeos a Cosme e Damião.

Em Joanópolis, depois da tradição de mais de três décadas de realização desta festa pela Sra. Claudete Alves Pereira (in memorian), a festa de Cosme e Damião é realizada por várias pessoas da comunidade, a exemplo do jovem Alisson Dias e família, que realizaram no último dia 27 de setembro grande festejo alusivo à data. Alisson contou com a colaboração e participação de amigos e convidados, simpatizantes, comerciantes e em especial, segundo a fé dos participantes, com a grande proteção, que têm dado muita saúde e fartura para que a festa se realize e promova muita alegria a todos, especialmente às crianças que recebem muitos doces, bolo, refrigerantes, brinquedos, entre outros.

Tribuna Portal
Tribuna Portal é uma mídia da KGS Comunicação&Marketing, que inclui o Tribuna da Cidade e a Tribuna Revista. Estância Turística de Joanópolis, SP, Brasil
http://tribunaportal.com

Deixe uma resposta

Top